Rio Grande do Sul coloca 17 regiões em bandeira vermelha no mapa definitivo

O governo do Rio Grande do Sul divulgou, nesta segunda-feira, que colocou as 17 regiões em bandeira vermelha no mapa definitivo da 38ª rodada do Distanciamento Controlado. O Gabinete de Crise indeferiu os recursos enviados pelas associações regionais de Taquara, Guaíba e Passo Fundo, já que todas estão com risco alto para esgotamento da capacidade hospitalar e velocidade de contaminação do coronavírus.

As regiões em bandeira vermelha são: Porto Alegre, Canoas, Capão da Canoa, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Guaíba, Lajeado, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo, Taquara e Uruguaiana. Já as áreas de Bagé, Cachoeira do Sul, Pelotas e Caxias do Sul ficam com a laranja.

De acordo com o mapa da 38ª rodada, 408 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha. Desses, 149 podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Das 21 regiões, 18 estão em cogestão e podem adotar protocolos próprios, elaborados pelas respectivas associações regionais. As 14 regiões em bandeira vermelha que aderiram ao sistema podem adotar protocolos compatíveis até o nível de restrição da bandeira laranja.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *