Paróquia de Bento Gonçalves lança projeto Memórias de São Roque

Atividade tem o objetivo de contar a história das comunidades de maneira colaborativa, com fotos, texto e entrevistas.

 

A Paróquia São Roque de Bento Gonçalves lança, neste dia 09 de setembro, o projeto Memórias de São Roque. A atividade, organizada de forma colaborativa, tem o objetivo de contar a história das 19 comunidades com fotos, textos e entrevistas, para fortalecer a unidade e a identidade do povo que constituiu e perpetua a vida desses espaços de oração e convivência.

O trabalho consiste em reunir dados, datas e registros fotográficos que ajudam a traçar o perfil das comunidades. A ação tem a participação da estudante de História, Sabrina de Lima Greselle e a parceria do Museu do Imigrante da cidade, que desenvolve o projeto “Laços Patrimoniais: Construindo um inventário colaborativo para Bento Gonçalves”.

Dividido em três etapas, de curto, médio e longo prazo, o projeto inicia com o levantamento documental e de pesquisa nos documentos históricos da Paróquia. O segundo passo é a produção de texto jornalístico para estampar o site e as redes sociais, com a história de cada comunidade, e num terceiro momento, a produção de entrevistas que darão vida a um documentário sobre as comunidades.

A organização, que é acompanhada pelo pároco, padre Daniel D’Agnoluzzo Zatti e pela Pastoral da Comunicação (Pascom), também conta com a ajuda das comunidades. O pedido é que as pessoas que tenham fotos, documentos e acervos antigos da construção das igrejas e demais atividades comunitárias possam enviar estes materiais para enriquecer as memórias de toda a Paróquia. O envio pode ser feito pelo link: http://bit.ly/MemoriasdeSaoRoque

Para o padre Daniel, organizador do projeto, as Memórias de São Roque são instrumento de valorização e comunicação da fé e da vida dos antepassados e imigrantes. “Temos muita riqueza histórica, temos belos testemunhos de fé e doação pelo crescimento da comunidade-Igreja. E juntos vamos redescobrir, comunicar, mostrar essa beleza de ser Igreja, de forma colaborativa, com várias mãos e corações”, pontua.

A primeira comunidade que terá sua história contada no site e redes sociais da Paróquia será São Luiz, da 4ª Secção do Rio das Antas, cujo tema foi do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da pesquisadora Sabrina. Na sequência, será revisitada a caminhada da matriz de São Roque.

Desta forma, a Paróquia São Roque colabora com o Museu do Imigrante na disponibilização dos documentos e o setor histórico do poder público compila as informações que irão compor o projeto Laços Patrimoniais: Construindo um inventário colaborativo para Bento Gonçalves.

O projeto do Museu do Imigrante visa a educação patrimonial e busca, além de atualizar e complementar o inventário já existente feito entre os anos de 1994 e 1996, a construção da memória a partir das edificações históricas com parceria com a comunidade do município, que é realizado com recursos do Governo do Estado do Rio Grande do Sul por meio do Pró-cultura RS e do Fundo de Apoio à Cultura (FAC).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *