MAIS DE 100 PACIENTES JÁ FORAM ATENDIDOS NOS NOVOS LEITOS DE ISOLAMENTO

Imagem: Rodrigo Parisotto

Os leitos de isolamento no Complexo Hospitalar desde o início de maio já recebem pacientes. A obra realizada para o enfrentamento ao Coronavírus foi realizada através de uma parceria entre a Prefeitura de Bento Gonçalves e sociedade Civil representada pelo Centro da Indústria e Comércio e Serviços (CIC-BG), e ASCON Vinhedos, várias entidades e voluntários. Mais de 100 pacientes com a Covid-19 já foram atendidos no espaço.

O local conta com 40 leitos de isolamento, mais 08 Mini UTIs e 20 respiradores. “Um espaço extremamente importante que possibilita o atendimento imediato do paciente, com necessidade de observação aqui na UPA”, destaca o Coordenador Médico da Secretaria da Saúde, Marco A. Ebert.

A ala de mini UTIs já recebe pacientes considerados instáveis, que precisam de um atendimento urgente. Para o isolamento estão sendo encaminhados os pacientes estáveis, sem necessidade de UTI.

Desde o início da pandemia o Município teve um aumento nos leitos de UTI passando de 20 para 50. No total são 75 respiradores, sendo utilizados na média 25 dos equipamentos.

Atendimento fast track

O primeiro atendimento dos pacientes é realizado no ambulatório de Campanha, em frente à UPA. O local conta com estrutura para o frio, espaço isolado para atender os pacientes com suspeita.

Tratamento precoce

O protocolo para tratamento precoce da Covid-19 já está em andamento no Município. A ação é realizada mediante disponibilização de medicamentos indicados de acordo com avaliação médica. 266 kits já foram distribuídos.

Os medicamentos são disponibilizados exclusivamente na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), no Bairro Botafogo, que conta com o ambulatório fast track, de referência para  atendimento especializado da doença no município.

São disponibilizados os kits com ivermectina, zinco, vitaminas C e D, e azitromicina. Além da hidroxicloroquina, disponibilizada somente em casos receitados pelo médico, e com exames específicos para administração do medicamento.

Em todos casos a prescrição é realizada pelo médico, considerando a gravidade e o tempo de infecção do paciente. O paciente deve cumprir os 14 dias de isolamento, e será monitorado pela Central de Atendimento ao Coronavírus.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *