ARTIGO: como superar e nos reinventarmos na crise

 

Precisamos entender e aceitar que estamos vivenciando uma crise global. Precisamos escolher o caminho a ser seguido: o caminho do medo ou o caminho da oportunidade. O caminho do medo gera insegurança e sentimentos negativos que irão nos paralisar e, consequentemente, não enxergaremos o próximo passo a ser dado. O caminho da oportunidade, da inovação, exige um olhar além.

Neste momento de crise, precisamos potencializar a nossa capacidade de nos reinventarmos, de definir metas claras e, determinarmos o tempo para cumpri-las, pois, se soubermos o quê queremos e aonde precisamos chegar, tudo fica mais claro, e o caminho fica mais fácil. Devemos acessar novas frentes de atuação, criar alianças estratégicas, trocarmos experiências, alinhadas aos nossos princípios e valores. Darmos as mãos. Compartilharmos riscos e sucessos. O empreendedor precisa acreditar que, mesmo em meio à crise, é possível avançar, porém, será necessário pensar de maneira inovadora, fazer diferente, aproveitar as oportunidades geradas e, crescer em meio à pandemia, mesmo que lentamente.

A saída, para muitos, é a negociação de contratos e a renegociação de dívidas. Uma boa negociação poderá garantir meses de fôlego para o financeiro da empresa. Na área trabalhista, temos a MPs que regulamentam determinadas normas neste momento de calamidade, mas será preciso muita atenção para evitar um passivo trabalhista.

Vai ser difícil, porém, não será desta vez que será impossível. Não percam a fé! Não desistam de seus sonhos! Precisamos nos basear nas palavras de Steve Jobs: “Cada sonho que você deixa para trás, é um pedaço do seu futuro que deixa de existir.”

 

 

Daiane Soares Fagundes

Advogada/Palestrante

OAB/RS 113.009

Contato: daianesfagundes.adv@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *