Pasin se declara a Bento em palestra no CIC: “Faltam mastros para tantas bandeiras”

Prefeito de Bento Gonçalves abriu o ciclo de palestras no Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG) na noite dessa segunda-feira, dia 17, exaltando as qualidades de Bento

Um aumento de 150% no número de visitantes, a abertura de 6 mil empresas e o recebimento do título de uma das quatro cidades mais admiradas do mundo. Esses dados foram evidenciados pelo prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, durante sua palestra “Bento Gonçalves – Orgulho e Desenvolvimento” na sede do Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG). O encontro foi realizado na noite dessa segunda-feira, dia 17, dando início ao ciclo de palestras de 2020 do CIC.

“Faltam mastros para tantas bandeiras”, afirmou sobre o município. Para Pasin, ao final de seu mandato – que encerra em dezembro deste ano – será entregue uma Bento Gonçalves totalmente diferente daquela de 2013, quando assumiu a administração. “Agimos desde o primeiro dia, instituímos uma moratória devido à insegurança no pagamento de serviços que se apresentavam. Pagamos somente o que era devido, inovamos, conseguimos dar velocidade aos processos e apresentar resultados”, avaliou.

Pasin ainda falou sobre um novo ciclo de prosperidade, com o orçamento passando de R$ 320 milhões em 2013, para R$ 555 milhões em 2020. “O percentual de investimento subiu de 4% para 11,59%, triplicamos nossa condição de fazer com recursos próprios”, comentou. Em 2019, a prefeitura fechou o ano com um superávit de quase R$ 47 milhões. Atualmente, Bento é considerada a 18ª melhor cidade para se investir e a 43ª entre as principais economias do país.

O foco também foi para a educação. “Nosso governo teve como prioridade o investimento nas pessoas”, ressaltou, dizendo que o crescimento de vagas na educação infantil foi de 75% (na comparação com 2012) e na educação fundamental de 25% nos últimos anos.

Na saúde, Pasin destacou a UPA do Botafogo e mais nove Unidades Básicas de Saúde (UBSs), o pronto atendimento 24 horas na zona norte e o andamento das obras do Complexo Hospitalar, no Botafogo.

Na segurança, Pasin lembrou o esforço conjunto com as polícias e os investimentos no segmento, como a criação da Guarda Municipal. Segundo o prefeito, em 2019, a cidade reduziu a criminalidade, com diminuição de 61% nos roubos a estabelecimentos comerciais e 36% no número de furtos e roubos de veículos.

Também destacou que o Centro Integrado de Operações, na Brigada Militar, monitora a cidade por câmeras e já conta com um moderno sistema de reconhecimento facial em dois pontos da cidade. E, claro o novo presídio, viabilizado por um modelo de gestão que Pasin chama de disruptivo: a permuta de bens inservíveis. “Esse é um novo paradigma da gestão pública”, disse.

Pasin ainda citou, na cultura, a criação da Orquestra de Câmara, do Centro Cultural 20 de novembro, a reabertura da Casa Geisel, o restauro do Museu do Imigrante, a construção da Casa do Artesão, entre outros.

O chefe do Executivo relembrou, ainda, sobre a cúpula dos presidentes das nações que fazem parte do Mercosul, que ocorreu no ano passado no município. “Espaços antes ocupados por outras cidades da região estão sendo gradativamente e legitimamente assumidos por Bento Gonçalves. Hoje, temos uma posição de liderança regional, de referência estadual. O tema dessa palestra trata de orgulho, foi um orgulho ter representado cada um dos senhores e das senhoras até o presente momento. Espero de forma muito sincera ter orgulhado cada um de vocês”, declarou.

Foto: Gilmar Gomes

Fonte: Divulgação/Exata Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *