Professores encerram greve após Assembleia Geral

Categoria optou pelo encerramento da paralisação, com a condição do pagamento integral pelos dias parados e da elaboração de um calendário de mobilização contra o Pacote do Governo

Durante Assembleia Geral realizada pelo Cpers, sindicato dos professores do Estado, nesta terça-feira, dia 14, ficou decidido o término da greve da categoria, após 58 dias de paralisação. A decisão inclui a exigência do pagamento dos dias parado e a elaboração de um calendário de mobilização para continuar buscando a retirada do Pacote do Governador Eduardo Leite de votação.

Antes de discutir a suspensão, os professores e funcionários presentes rejeitaram a proposta de acordo de greve do Governo, que previa o pagamento dos dias parados mediante a recuperação das aulas e o posterior desconto dos valores ao longo de seis meses.

De acordo com a categoria, caso o governo convoque os deputados em sessão extraordinária no dia 27, será realizado um ato estadual com instalação de acampamento e paralisação nos dias de votação.

Foto: Divulgação/Cpers